TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Geral

Paulo Guedes volta a sugerir privatização da Petrobras

O economista acredita que a medida pode ajudar a subsidiar programas sociais

25 outubro 2021 - 20h48Por Vinicius Costa

Paulo Guedes, atual ministro da Economia, voltou a sugerir a privatização da Petrobras. Em evento nesta segunda-feira (25), o economista acredita que a medida pode ajudar a subsidiar programas sociais.

Desta forma, o ministro explicou que o governo está discutindo uma maneira de privatizar a estatal. Guedes ainda lembrou que a fala do presidente Jair Bolsonaro sobre apoiar a decisão gerou um impacto positivo na bolsa de valores.

Na semana passada, Bolsonaro disse ter “vontade de privatizar a Petrobras”, em meio as reclamações de aumento do preço dos combustíveis. Logo após a declaração, as ações ordinárias e preferenciais da companhia registraram alta de 1,49% (ordinárias) e 1,42% (preferenciais). Ao mesmo tempo, o Ibovespa caía a 0,07%.

“E se daqui a 20 anos o mundo todo migrar para a energia elétrica, hidrogênio, nêutron, energia nuclear e o fóssil for abandonado? A Petrobras vai valer zero daqui a 30 anos. O que nós fizemos? Deixamos o petróleo lá embaixo, com uma placa de monopólio de estatal ali em cima. O objetivo é tirar esse petróleo o mais rápido possível e transformar em educação, investimento e tecnologia”, afirmou.

Diante de uma semana conturbada para Guedes, após admitir uma “licença” para furar o teto de gastos e, desta forma, custear o novo Bolsa Família, batizado de Auxílio Brasil, o ministro voltou a defender pautas liberais clássicas, como as prometidas privatizações e reformas.

Segundo a CNN, o governo planeja encaminhar um projeto de lei para o Congresso Nacional pedindo autorização para privatizar a Petrobras.