TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quinta, 22 de abril de 2021
COVID CONFLITO
Geral

Pfizer anuncia que vacinas para grávidas serão testadas 'em breve'

Testes em crianças já começaram nos Estados Unidos

01 abril 2021 - 22h11Por Thiago de Souza

A Pfizer anunciou que, em breve, vai promover testes para vacinas que sejam adequadas para gestantes e imunossuprimidos. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (1º), pelo médico Cristiano Zerbini, coordenador dos testes da farmacêutica no Brasil. 

A vacina será produzida em parceria com a BioNtech. O pedido de testes já foi feito à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, a Conep e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 

"Vamos esperar as agências éticas e regulatórias permitirem o início do estudo. Nos pacientes imunossuprimidos ainda vamos submeter os protocolos às autoridades brasileiras. Mas tenho a impressão de que em breve vamos ter o início desses estudos", afirmou, em entrevista à CNN.

O tempo estimado para a pesquisa é de um a três anos. No entanto, Zerbini calculou ser possível ter resultados preliminares. O médico, ainda segundo a CNN Brasil, fala em relatórios regulares, produzidos de três e seis meses após o início dos testes.... 

"Não precisamos esperar tudo isso (três anos de testes) para ter respostas mais rápidas. Elas vão ser dadas pelas análises interinas, que foi o que aconteceu com todas essas vacinas que estamos vendo agora. Não tem nenhuma vacina que tem um ano de duração", enfatizou

Pequenos

A Pfizer divulgou entre esta quarta e quinta-feira que a vacina produzida pela farmacêutica é 100% eficaz em jovens de 12 a 15 anos e tem eficácia de pelo menos 91,3% após seis meses de aplicação da dose. 

Na última quinta-feira (25), o laboratório anunciou que iniciou os testes clínicos do imunizante em crianças de 6 meses a 11 anos nos Estados Unidos. 

Zerbini afirmou que o sistema imunológico dos jovens é "mais potente" do que o dos adultos. Ele diz, no entanto, que a reação às vacinas em crianças e adolescentes costuma ser mais intensa, apesar de serem brandas, como dor local, febre e aumento da temperatura corporal.