Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Geral

Regina Duarte comenta sobre apoio a Bolsonaro: 'sou chamada de fascista'

A atriz foi alvo de críticas de colegas de trabalho, como José de Abreu e Tássia Camargo, por conta do posicionamento político

30 maio 2019 - 10h46Por Da redação/Meia Hora

Regina Duarte, de 72 anos, participou do "Conversa com Bial" que foi ao ar na Globo, na noite desta quinta-feira. Durante o bate-papo com o jornalista, a atriz falou sobre seu apoio a Jair Bolsonaro nas eleições 2018. A atriz foi alvo de críticas de colegas de trabalho, como José de Abreu e Tássia Camargo, por conta de seu posicionamento político. 

"Em 2002 fui chamada de terrorista e hoje sou chamada de fascista, olha que intolerância? E eu achando que vivia em uma democracia, onde eu tenho o direito de pensar de acordo com o que eu quero. Eu respeito todo mundo que pensa diferente de mim. Não saio xingando as pessoas por aí", afirmou. 

A atriz também afirmou que apesar de ter interpretado a personagem Malu, de "Malu Mulher", não se considera feminista e garantiu que sempre foi conservadora. "Eu nunca me declarei uma feminista, mesmo fazendo a Malu. Eu não acho que as coisas são por aí, acredito que há caminhos intermediários. Embora tenha tido atitudes de vanguarda, eu fui e continuo conservadora. Eu só tenho medo de ficar velhinha e dizer: 'Ah, esse mundo está perdido'. Não, que horror! Que horror!...". 

Entre seus posicionamentos mais polêmicos, Regina Duarte defendeu a extinção do Supremo Tribunal Federal (STF), apoiou a campanha por voto aberto em eleição para presidente do senado e afirmou que a homofobia de Bolsonaro é "da boca para fora".

Leia Também

Pitbull Marvyn está doente e precisa arrecadar dinheiro para tratamento; bora ajudar?
Cidades
Pitbull Marvyn está doente e precisa arrecadar dinheiro para tratamento; bora ajudar?
Justiça suspende decisão da Câmara e libera candidatura em Ladário
Política
Justiça suspende decisão da Câmara e libera candidatura em Ladário
Homem expulsa a mãe com facão e acaba preso
Interior
Homem expulsa a mãe com facão e acaba preso
Passageira morre após carro cair de ponte na MS-352
Interior
Passageira morre após carro cair de ponte na MS-352