Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Geral

Solteira! Cleusa de Mala e Cuia troca o nome na Carteira de Identidade

Agora, de documento novo, ela se concentra na agenda de comemorações

30 maio 2019 - 15h21Por Da redação/Meia Hora

Cleusa Ferreira da Cruz. Depois de 31 anos, é assim que a cabeleireira de 51 anos volta se chamar oficialmente. Na manhã desta quinta-feira, ela esteve na sede do Detran-RJ, no Centro do Rio, para realizar os trâmites e tirar a nova carteira de identidade, com nome de solteira. Ela voltará ao local às 16h, para receber o documento.

"Me sinto extremamente livre, muito feliz. Foi uma saga bem dolorosa, bem traumatizante, porque a gente fica machucada de ser praticamente humilhada por aquela pessoa com quem você se casou, de quem você gostou e, de repente, a pessoa te proíbe de voltar a ser o que você era", disse Cleusa.

A cabeleireira trocou de sobrenome quando casou-se, em janeiro de 1988. A relação durou cinco anos, mas, após a separação física, o ex-marido não a concedia o divórcio oficial. Depois de passar 26 anos tentando resolver o caso de forma amigável, sem lograr êxito, Cleusa fez um desabafo nas redes sociais e ameaçou mudar-se de mala e cuia para a casa do ex, que tem outra esposa. A história fez sucesso nas redes sociais e, no dia 20 deste mês, Cleusa finalmente obteve a assinatura do divórcio.

"Foi preciso fazer uma pressão, né?", brincou Cleusa, que emendou: "Isso me fortalece, me deixa mais gratificada porque outras mulheres se sentem reconhecidas na minha história. Elas estão tomando coragem para poder tomar uma atitude e tomar uma atitude igual a essa. Eu recebo vários contatos, até de homens, pedindo conselho. Um deles também está há 25 anos tentando divórcio, mas tem medo porque a mulher é muito barraqueira".
Agora, de documento novo, ela se concentra na agenda de comemorações. "No dia 7 de junho eu vou fazer uma festa em São Paulo, no bar Santa Matilde, onde teremos a presença da cantora Bia Ferraz, que tem a música Quero Divórcio. A outra festa vai ser no dia 20 de julho, em Formosa, minha cidade natal, em Goiás", disse a cabeleireira.

Leia Também

Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Geral
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga
Cidades
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga