Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
In Memoriam

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre de câncer aos 41 anos

Covas fazia tratamento de um câncer que atingiu o sistema digestivo, com metástase nos ossos e no fígado

16 maio 2021 - 09h16Por Vinicius Costa

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu na manhã deste domingo (16), aos 41 anos, vítima de um câncer. O político tratava da doença que atingiu o sistema digestivo, com metástase nos ossos e no fígado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Líbanes.

Na última sexta-feira (14), o boletim médico divulgado pelo hospital indicava que o quadro de Covas era irreversível após uma piora no quadro de saúde em virtude do tratamento.

"O prefeito de São Paulo Bruno Covas faleceu hoje às 08:20 em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento", diz trecho do boletim divulgado pelo hospital neste domingo.

Segundo o G1, em suas últimas horas de vida, o político recebeu sedativos e analgésicos para não sentir dores.

Desde 2019, Covas lutava contra o câncer que foi evoluindo ano após ano e no dia 2 de maio, o prefeito de São Paulo decidiu pedir licença da prefeitura para realizar nova fase no tratamento.

Bruno Covas deixa o filho, Tomás, de 15 anos.

Covas é o primeiro prefeito de São Paulo a falecer durante o mandato. Quem assume a Prefeitura de São Paulo, em definitivo, é o vice-prefeito, Ricardo Nunes.