Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
In Memoriam

Pai que morreu afogado tentando salvar filho era conhecido pela dedicação à paternidade

Pai cuidava do filho autista sozinho; suspeita é que ele tentou salvá-lo, mas morreu junto

04 janeiro 2022 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

Internautas lamentaram a tragédia do pai que morreu supostamente tentando salvar o filho autista de se afogar no piscinão de águas pluviais do Jardim Vila Alegre, em Três lagoas.

A maioria dos comentários de conhecidos era de que Luiz Jorge Linhares de Santana, 59 anos, cuidava sozinho do filho Jhone de Barros Linhares, 28 anos, em luta diária, pois o jovem era autista e dependia muito de cuidados do pai.

Jhone adorava água e a suspeita é que tenha pulado no piscinão e se afogado. O corpo dele foi o primeiro a ser encontrado pelos Bombeiros. O corpo de Luiz foi achado no domingo de manhã.

Pulava na água

Elenir Siqueira afirmou na página do JPnews que o pai tentou salvar o filho. "Meu Deus que tristeza. Com toda certeza o 'biga' pulou. E o Linhares tentou salvar o biga (apelido de Jhone)".

Shirly Zanholo também suspeita que o jovem tenha pulado. "Verdade. Creio que foi isso mesmo. O Biga amava água e não podia ver que pulava da moto pra tomar banho."

"Muito triste! Um verdadeiro pai! Quantas crianças gostariam de ter um pai assim, sempre ao lado para proteger. Este custou a sua vida para salvar seu filho", disse Eni Teixeira.

Franciele Queiroz está impactada com as mortes. "Meu grande amigo não tô acreditando que vocês se foram dessa forma trágica. Você foi uma grande pai e amigo. Só quem te conhecia e conviveu com você sabe da sua luta diária e amor pelo seu filho descansa em paz meu amigo."