Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
In Memoriam

Mãe se despede de Maria Vitória e pede orações para marido com pernas quebradas

Pai da criança parou às margens de rodovia para ajudar acidentados e outro veículo bateu no carro dele, ocasionando a tragédia

20 setembro 2021 - 17h00Por Rayani Santa Cruz

A cabeleireira Camila Bernardes, mãe da pequena Maria Vitória, de 5 anos, vive o luto e pede orações para o marido.

A criança morreu neste domingo (19), após a família dela parar o carro e ajudar outro veículo que se envolveu em um acidente. A batida foi na noite de sábado (18), na MS-141, entre Angélica e Ivinhema. Um terceiro carro atingiu o veículo onde a pequena estava. 

"Que você descanse em paz e Deus te receba", disse a mãe em homenagem à filha.

Camila afirma ainda que o marido quebrou as duas pernas e pediu orações, pois ele passa por cirurgia hoje (20). O caso chocou a região de Ivinhema e são centenas de orações para a família e homenagens nas redes sociais.

A amiga Luh Scarranaro lamentou a morte da pequena Maria Vitória. "Ô Camila, só peço a Deus que conforte o seu coração e o do Fernando. Eu sei o que você está sentindo. Estou sem chão sem e sem palavras. Mas Deus sabe de todas as coisas aí ela já tá em um bom lugar".

"Meus sentimentos. Que Deus conforte você e toda sua família neste momento tão delicado", disse Edna Shizue Ota.

"Não tenho palavras para expressar tanta dor que todos estão sentindo nesse momento. Que o espírito consolador esteja com você e toda sua família", afirmou Adriana Pardinho

O primo Douglas Fernandes também prestou homenagem e Estefani Rodrigues desejou forças.

"Meus sentimentos amiga. Nem sei o que dizer, que Deus conforte o coração de vocês todos", afirmou Regina Cavalcante Albuquerque.

O acidente

Conforme o IviNotícias obteve com testemunhas, primeiro, um Honda Civic atropelou uma vaca, que atravessava a rodovia, na altura do rio Piravevê. Neste acidente não houve vítimas. 

Uma Parati, onde estavam Maria Vitória junto da mãe, pai e um bebezinho de um ano, parou às margens da rodovia para ajudar os ocupantes do Honda Civic. Neste momento, um carro Tracker acabou atingindo a Parati e toda a família.  

O motorista do Tracker, de 80 anos, justificou que, antes da batida, um ônibus passou e fez com que ele perdesse o controle da direção e atingisse a Parati. 

O pai de Maria Vitória, Fernando Reis, de 26 anos, ficou ferido com suspeita de fratura do quadril, joelho direito e tornozelo esquerdo. A pequena teve traumatismo cranioencefálico e não resistiu. 

A mãe da menina, Camila Bernardes, teve escoriações e o bebê ficou com um hematoma. 

O condutor do Tracker seguia sentido Ivinhema a Angélica e teve hematomas nos braços. Todas as vítimas foram encaminhados para o Hospital de Angélica.