Menu
segunda, 19 de outubro de 2020
Interior

Amigos dizem que comerciante morto após tentar invadir delegacia sofria de depressão

'Que Deus o receba no céu, perdoe a todos que não te entenderam e não te ajudaram com a sua dor', diz uma amiga do comerciante

24 setembro 2020 - 13h00Por Dany Nascimento

Amigos e familiares utilizam as redes sociais para homenagear o empresário Reginaldo Alves Ramalho, 45 anos, morto com um tiro no abdômen ao tentar invadir uma delegacia de Polícia Civil, em Glória de Dourados.

Os amigos alegam que Reginaldo sofria de depressão e devido a isso, teria surtado ontem (23), no período da manhã. Ele teria sido detido, medicado e levado para casa. Horas depois, ele teve novo surto e foi levado novamente para casa pela Polícia Militar. Por volta das 16 horas, Reginaldo tentou invadir uma delegacia e foi morto com um tiro.

“Que Deus o receba no céu, perdoe a todos que não te entenderam e não te ajudaram com a sua dor! #depressaonaoefrescura #TristeRealidade”, publicou Fernanda Ramalho.

“E agora, quem vai conversar comigo quando eu for em Glória. Quem vai me emprestar extensão quando eu precisar cuidar com carinho da casa do meu pai ter paciência com meus netos quando eu estou aí. Aquela pessoa disponível carinhosa de um coração enorme. Porquê? Um homem trabalhador. Não te conhecia há muitos anos, mas os anos que conheci, sempre admirei. Porquê? Ninguém entendeu que você estava pedindo socorro. Oh senhor que tristeza. Vai com Deus meu amigo”, postou Lundia Holpert Rocha

‎Franciane Ramalho‎ diz que é difícil acreditar na morte do primo. “Não estou acreditando que você se foi primo, fala que é mentira”.

Leia Também

Fim do mistério: suspeito de cortar fios de internet no Leblon é preso por furto
Cidade Morena
Fim do mistério: suspeito de cortar fios de internet no Leblon é preso por furto
Peão morre oito dias após ser pisoteado por égua em Ribas do Rio Pardo
Cidade Morena
Peão morre oito dias após ser pisoteado por égua em Ribas do Rio Pardo
'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Interior
'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai
Geral
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai