Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Interior

Pescador foge da PMA e abandona barco cheio de pacu no Rio Miranda

Trecho fica na altura da ponte de concreto na BR-262

15 janeiro 2020 - 15h36Por Thiago de Souza

Pescador, que não foi identificado, abandonou um barco cheio de peixes, após ser flagrado pela Polícia Militar Ambiental, nesta quarta-feira (15), no Rio Miranda. A pesca está proibida em todo o estado em razão da Piracema, época de reprodução dos peixes.

Conforme a PMA, mesmo de longe, o suspeito conseguiu ver o barco da polícia e fugiu. Em determinado ponto ele ancorou a embarcação dele e fugiu em meio a vegetação, que fica na altura da ponte de concreto da BR-262, no quilômetro 574.

No barco do suspeito havia vários peixes da espécie pacu, sem as vísceras, pesando 18 kg. A PMA destaca que, além de terem sido capturados no período proibido, vários exemplares eram de tamanho inferior ao permitido por lei.

A ocorrência foi levada para a Polícia Civil de Miranda. A polícia disse ainda que espera identificar  o suspeito a partir de informações contidas na embarcação dele. Se identificado, o pescador pode responderá por crime ambiental de pesca predatória, cuja pena é de um a três anos de detenção e multa administrativa de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.

 

Leia Também

TJ diz que recursos de reprovados em concurso da Polícia Civil viraram 'farra'
Cidades
TJ diz que recursos de reprovados em concurso da Polícia Civil viraram 'farra'
De base e oposição: políticos de MS se unem contra tratamento com ozônio no ânus
Política
De base e oposição: políticos de MS se unem contra tratamento com ozônio no ânus
Enquanto te pedem pra ficar em casa, curtem a vida na Europa e fazem academia
Tema Livre
Enquanto te pedem pra ficar em casa, curtem a vida na Europa e fazem academia
Lei municipal inclui nove serviços como essenciais e não podem parar na pandemia
Cidade Morena
Lei municipal inclui nove serviços como essenciais e não podem parar na pandemia