Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Na Lata

Na Lata: apoio do MDB no segundo turno depende de aval de Puccinelli na cadeia

A indicação é que o partido vá mesmo com Odilon

10 outubro 2018 - 12h31Por Celaena Sardothien

O apoio do MDB só deve ser anunciado após consulta ao chefe maior da legenda, o ex-governador André Puccinelli (MDB), preso no âmbito da Lama Asfáltica desde 20 de julho. A indicação é que o partido vá mesmo com Odilon de Oliveira (PDT), em virtude dos ataques tucanos nas eleições de 2018.

Na primeira reunião, os membros da sigla decidiram por referendar apoio a Odilon. Quem conduz a conversa é Junior Mochi, candidato ao governo que ficou em 3º lugar na disputa.