TJMS - novembro
tce novembro
Menu
Busca quarta, 20 de novembro de 2019
Polícia

Além de planejar morte do pai com irmão, filho de Flordelis participou de execução de pastor

Polícia aponta que Lucas dos Santos, 18 anos, encomendou o crime junto com Flávio dos Santos Rodrigues, 38 anos, filho biológico da deputada federal

18 junho 2019 - 09h53Por Da redação/Meia Hora

A Polícia Civil aponta que, além de tramar a morte do pai adotivo, o pastor Anderson do Carmo, Lucas dos Santos, de 18 anos, participou efetivamente da execução, ocorrida na casa da família em Pendotiba, Niterói. Segundo fontes da investigação, ele encomendou o crime junto com Flávio dos Santos Rodrigues, 38 anos, filho biológico da deputada federal Flordelis. A motivação seria um caso extraconjugal da vítima e os dois foram presos por outros crimes. 

A quebra do sigilo telefônico dos envolvidos foi solicitada à Justiça para reforçar as investigações. As câmeras de segurança da casa do casal mostram nitidamente os assassinos de touca ninja matarem o pastor. "Eles não eram criminosos profissionais, diante do modus operandi do crime", diz uma fonte.

Lucas dos Santos foi adotado por Floderlis e Anderson. Ele foi preso no domingo depois de descumprir medida protetiva domiciliar por envolvimento com tráfico de drogas, quando ainda era menor de idade. Como não havia se apresentado ao Fórum, teve um mandado de prisão expedido. 

Já Flávio é filho biológico da deputada, mas foi registrado também pelo pastor. Ele foi preso no cemitério logo após o sepultamento do pai adotivo devido também ao descumprimento, mas de uma medida protetiva determinada em janeiro deste ano. 

Existe a possibilidade dos cães não terem sido dopados, o que deve ser confirmado nesta terça-feira, quando sai laudo do exame toxicológico. Os animais podem não ter reagido por conhecerem os participantes da execução.

Agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) estão nas ruas em busca de outros participantes do crime, entre eles um outro filho de Anderson do Carmo e Flordelis. Também estão marcado para hoje outros depoimentos de filhos do casal.