Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

Após capotar carro, motorista nega teste do bafômetro e acaba preso por desacatar policiais

Ele disse que os policiais recebem comissão para aplicar o teste de alcoolemia

31 março 2019 - 09h06Por Dany Nascimento

Randson Pedro Oliveira da Silva, 29 anos, foi preso após se envolver em um acidente de trânsito e desacatar Policiais de Trânsito na madrugada deste domingo (31), na Rua Sagarana, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande. Conforme o registro da ocorrência, o suspeito conduzia um veículo Renault Duster e bateu na lateral direita de um Nissam Versa, que capotou e atingiu um pedestre na via.

O pedestre não sofreu ferimentos graves, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa. No momento em que a Polícia chegou no local, solicitou teste do bafômetro aos condutores, mas Randson disse que não se submeteria ao teste.

Os policiais perguntaram se ele teria ingerido bebida alcóolica e ele confirmou. O condutor do veículo Nissan realizou o teste, que constatou que ele não havia ingerido. Já Randson, começou a ofender os agentes que confeccionavam a ocorrência no local do acidente.  

Ele afirmou que os policiais ganhavam comissão para fazer teste do bafômetro e que deveria estar atrás de bandidos naquele momento. “O que vocês estão fazendo aqui é uma verdadeira palhaçada, deveriam procurar bandidos”, disse o suspeito.

Após o desacato, Randson recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.  

Leia Também

Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Economia
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes
Polícia
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes
Preço do algodão sobe no campo e roupas podem ficar mais caras
Economia
Preço do algodão sobe no campo e roupas podem ficar mais caras
Motoentregador é rendido por bandidos armados no Centenário
Polícia
Motoentregador é rendido por bandidos armados no Centenário