Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
Polícia

Após oito dias, suspeito de matar mulher em apartamento continua foragido

Segundo a polícia, Fábio tinha feito acordo para se entregar, mas desapareceu

18 junho 2019 - 17h00Por Dany Nascimento

A polícia ainda não conseguiu localizar Fábio Braga do Amaral, 39 anos, suspeito de assassinar Érika Aguilar, 38 anos, na última semana, em um apartamento no Residencial Ramez Tebet, em Campo Grande. De acordo com a delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Joilce Silveira Ramos, após quebrar o acordo de se entregar ao lado do advogado de defesa, Fábio desapareceu.

Érika foi morta na madrugada do dia 11 de junho, estrangulada com um lençol. O suspeito de cometer o crime teria um caso com a vítima há alguns meses. Após o assassinato, o criminoso teria ido até o quarto da filha da vítima, de 14 anos, ordenando que a menina não gritasse porque Érica estava dormindo.

Ele tentou enforcar a adolescente, que conseguiu se desvencilhar do suspeito e pedir ajuda para um vizinho. O suspeito fugiu do local. O socorro foi acionado, mas ao chegar no local, a vítima não apresentava sinais vitais. O caso foi registrado na Delegacia que fica na Casa da Mulher Brasileira.