TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 12 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Dengue agosto
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Polícia

Marcas de chinelo e depoimento entregaram assassino de idosos

Marido e mulher foram mortos na noite desta sexta-feira a facadas

06 agosto 2022 - 18h10Por Rayani Santa Cruz

Acusado do duplo homicídio em Coxim foi preso em flagrante por investigadores da Polícia Civil após comparações entre as pegadas deixadas no local do crime e os chinelos. O suspeito foi detido, neste sábado (6), após assassinar a facadas o casal, Avil Rodrigues Máximo, 84 anos, e a esposa, identificada como Celeste, 77 anos.

O crime ocorreu na noite dessa sexta-feira (5), na rua Viriato Bandeira, região central de Coxim. E na manhã deste sábado (6), uma funcionária chegou na residência para trabalhar e encontrou os corpos.

Segundo informações da Polícia, a perícia foi acionada e, enquanto fazia o trabalho de praxe, equipes do setor de investigação mantiveram contato com testemunhas, e angariaram imagens de câmeras nas proximidades da residência do casal. Logo, eles identificaram um suspeito que morava na residência das vítimas e havia brigado um dia antes com um dos idosos.

Uma testemunha afirma também que o suspeito tentou tirar xerox dos documentos da vítima alguns dias antes do crime. 

No local foram encontradas pegadas de calçados compatíveis com as do suspeito, que foi capturado logo depois. Ao visualizar os policiais civis, ele imediatamente começou a gritar que "não tinha nada a ver com o que aconteceu com os idosos" e falou o nome do casal.

Os investigadores desconfiaram na hora, já que ninguém teria informado o motivo da abordagem, e antes de qualquer indagação, ele tentou se justificar dizendo que não tinha qualquer relação com o crime.

O homem foi detido e encaminhado a Delegacia de Coxim onde está a disposição da Justiça.

O crime

O casal teve a porta da cozinha arrombada e a casa invadida pelo suspeito que atacou ambos com uma faca. 

Avil tinha marcas de facada na nuca, e estava perto de uma lavanderia, na área externa da casa. E Celeste, que foi golpeada no pescoço, morreu no quarto. 

Após a descoberta do crime na manhã deste sábado, os dois cães dos idosos foram localizados. Um deles só foi encontrado por volta das 9h30. E segundo o site Edição MS, ele estava acuado, escondido dentro de uma prateleira, num quartinho dos fundos da casa.

O animal tremia muito e ameaçava morder quem se aproximava. De acordo com informações de familiares, ele dormia com as vítimas.

Um dos cachorrinhos ficou aos cuidados de uma cunhada das vítimas. O que estava mais nervoso está sendo cuidado pela Cãopanheiras, até que a família decida o destino do animal. Os filhos do idoso não moram em Coxim e devem chegar na cidade para sepultar o pai.