Menu
Busca segunda, 16 de dezembro de 2019
Polícia

CPF cancelado: ladrão morre em tiroteio e PM fecha região para capturar os demais foragidos

A polícia acredita que o restante da quadrilha esteja escondida na região em áreas rurais e de matagal; uma aeronave também sobrevoa a região para apoiar a operação

23 abril 2019 - 09h01Por Da redação/Diário de Uberlândia

A Polícia Militar está mobilizada na região do Pontal do Triângulo Mineiro em Minas Gerais desde a madrugada desta terça-feira (23) para capturar uma quadrilha suspeita de roubo a bancos na região de Santa Vitória. Durante a perseguição policial, um dos autores morreu ao trocar tiros com os policiais. Militares de Uberlândia também foram acionados para auxiliar nos trabalhos no local. De acordo com as informações da PM, são aproximadamente 12 autores, sendo que pelo menos três estavam armados e com a possibilidade de também estarem feridos devido ao tiroteio.

A situação ocorreu por volta das 3h30. O autor baleado e socorrido em estado grave chegou a ser levado à unidade de saúde, porém não resistiu aos ferimentos. Durante a fuga, um dos autores abandonou o carro utilizado no crime depois que um dos pneus furou.

No veículo foram encontrados diversos materiais que possivelmente seriam utilizados em roubo a bancos, como miguelitos – objetos usados para furar pneus e dificultar a perseguição policial -, alavanca e munições. Outros autores trocaram tiros com a PM nas proximidades do quartel e residência de militares da cidade. Em seguida, conseguiram fugir. Ainda segundo a PM, os suspeitos roubaram uma caminhonete para fugirem e foram em direção a uma estrada vicinal, tendo abandonado a vítima nas proximidades da BR-365, a cerca de 5 km da cidade e posteriormente também abandonaram o veículo em meio a um canavial.

APREENSÕES E BUSCAS

Até o início da manhã haviam sido apreendidos um fuzil, vários carregadores com munições, além de um colete balístico e um veículo usado pelos autores, roubado em Uberlândia. Rastreamentos continuam na tentativa de localizar e prender os demais autores. Foi feito cerco bloqueio nas imediações da cidade e zona rural.

A aeronave Pégasus, do comando de Uberlândia, também sobrevoa a região para apoiar a operação policial.

A polícia acredita que o restante da quadrilha esteja escondida em áreas rurais e de matagal. Por isso, pede a ajuda para que a população denuncie caso se depare com qualquer situação ou pessoa suspeita nas redondezas, principalmente propriedades rurais e rodovias que cortam a região mineira.