volta as aulas
Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
Polícia

Delegados que atuam na fronteira marcam presença em velório de jornalista assassinado

As autoridades dizem que Veras era exemplo de profissional

13 fevereiro 2020 - 11h47Por Dany Nascimento
Delegados que atuam na fronteira marcam presença em velório de jornalista assassinado

Vários delegados da Polícia Civil do Mato Grosso Sul, que atuam na região de fronteira, marcaram presença no velório do jornalista brasileiro Léo Veras, assassinado a tiros na noite de ontem (12), na cidade de Pedro Juan Caballero,  fronteira com Ponta Porã.

Os policiais prestaram homenagem ao jornalista e destacaram que ele é considerado exemplo de profissional por delegados, investigadores e escrivãs que conviviam com Veras. O crime será investigado pela polícia do Paraguai.

De acordo com a Polícia Civil, policiais brasileiros colaboram com as investigações, já que existe a possibilidade dos criminosos terem procurado abrigo no Brasil após o assassinato.