Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

Enfermeiro estupra paciente em UTI; vítima tentou resistir e morreu dias depois

Suspeito se entregou e alega ser inocente, apesar de ter sido flagrado por câmeras

30 maio 2019 - 08h03Por Da redação/Meia Hora

Um técnico em enfermagem de 41 anos se entregou à polícia ontem em Goiânia acusado de estuprar uma paciente de 21 anos na UTI do hospital em que trabalhava, no dia 17 de maio. A paciente morreu dias depois. Segundo a polícia, câmeras de segurança flagraram o homem tocando as partes íntimas da vítima, que tentou reagir e depois denunciou o estupro a uma enfermeira.

O abuso durou cerca de uma hora, período em que a paciente alternou momentos de inconsciência e tentativas de resistir ao abuso. A defesa do técnico em enfermagem afirma que ele é inocente e que ele resolver se entregar após sua foto ser compartilhada na Internet pedindo ajuda para localizá-lo. O suspeito foi demitido e vai responder por estupro de vulnerável. As informações são do G1.

Leia Também

Oportunidade: UFGD abre inscrições para o vestibular 2021
Oportunidades
Oportunidade: UFGD abre inscrições para o vestibular 2021
Após 'golpe' de Trutis, apelo de Siqueira evita debandada de candidatos a vereador do PSL
Cidade Morena
Após 'golpe' de Trutis, apelo de Siqueira evita debandada de candidatos a vereador do PSL
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Economia
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes
Polícia
Mulher que matou o marido diz que casal já tinha separado quatro vezes