TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Polícia

Ex-presidiário é morto com 18 tiros de pistola 9mm na fronteira

Polícia suspeita que o crime tenha sido um ajuste de contas com o narcotráfico

10 dezembro 2018 - 07h55Por Rodson Willyams

Demesio Mendez Gimenez, 37 anos, vulgo 'Mendeí', foi executado por volta das 21h22 deste domingo (9), no centro da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz divisa com Ponta Porã, distante 334 km de Campo Grande. O homem seria ex-presidiário e estava solto há poucos meses.

Segundo o site Porã News, o homem estava sentado em frente a um comércio situado na rua Dr. Francia quando pistoleiros a bordo de um veículo de cor prata se aproximaram. A vítima, ao perceber, tentou correr, mas na altura da rua Teresa Roa Caballero acabou alcançada, sendo atingida com 18 disparos de pistola do calibre 9mm.

Investigadores da Divisão de Homicídios, agentes da Policia Técnica, além da promotora de justiça Katia Uemura e o médico legista Marcos Prieto realizaram os procedimentos de praxe e encaminharam o corpo ao IML da cidade.

A polícia suspeita que o crime tenha sido um ajuste de contas com o narcotráfico, mas os investigadores não descartam nenhuma hipótese e o caso será investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai, em Pedro Juan Caballero.

Passagens pela polícia

Segundo a polícia, a vítima tinha várias passagens por roubo, receptação, homicídio e tráfico de droga. Ganhou a liberdade após ser preso por tráfico de drogas no dia 15 de dezembro de 2011 por investigadores da Narcótica, na época realizaram busca e apreensão em sua residência e foi encontrada maconha, crack e um veículo.