TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 08 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Polícia

PM de MS foi morto após bater em namorada, defendida pelo filho

Policial chegou a fazer um disparo contra a namorada quando o filho dela chegou e impediu o feminicídio

20 junho 2022 - 09h45Por Rayani Santa Cruz

Sargento da Policial Militar de Mato Grosso do Sul, Francisco Targino da Cruz, 50, foi morto madrugada deste domingo (19), no bairro Parque Universitário, em Rondonópolis no Mato Grosso, após tentar matar a namorada com um tiro. Filho da vítima presenciou o crime, entrou em luta corporal com Francisco, e conseguiu tomar a arma dele atirando de volta.

Conforme o site Gazeta Digital, era por volta das 2h30, quando uma equipe da PM voltava para a base após ronda, e retornou a cena do crime após ouvir barulho de dois tiros. Eles deram a volta e encontraram no local duas pessoas caídas no chão. Além de um suspeito segurança uma pistola.  

O rapaz 18 anos foi preso e colocado na viatura. Na cena, os policiais encontraram a mãe dele com um tiro no pé direito. Na calçada estavam ainda outros dois filhos dela, menores de idade.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e resgatou o casal.

A briga

A mulher contou que estava chegando de um show junto com o namorado quando, na porta de casa, ele teve uma crise de ciúmes e começou a discutir com ela. Em seguida, sacou a arma de fogo e disparou contra ela.

O filho da vítima, de 18 anos, flagrou o crime, saiu da casa e entrou em luta corporal com o sargento. Durante a briga, a arma disparou e atingiu o tórax de Francisco. Nesse momento, a viatura chegou e flagrou o rapaz com a arma.

Polícia Civil foi acionada e encontrou na cena do crime duas cápsulas deflagradas. O militar foi encaminhado para o Hospital Regional, ainda com sinais vitais. Mas ele não resistiu e acabou morrendo.

O caso segue sob investigação.