Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Polícia

Guarda Municipal é preso por não devolver bicicleta roubada de filho de Coronel da PM

A prisão aconteceu na base da GM, do Estrela do Sul, em Campo Grande

04 fevereiro 2019 - 08h54Por Anna Gomes

Um Guarda Municipal foi preso após supostamente não devolver uma bicicleta que seria do filho de um coronel da Polícia Militar.  A prisão aconteceu na noite de ontem (3), na base da GM, do Estrela do Sul, em Campo Grande.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, no dia 1º deste mês, a bicicleta do filho do coronel, um adolescente de 16 anos, teria sido roubada no Parque das Nações Indígenas. O suspeito de ter cometido o roubo também seria menor de idade.

No mesmo dia que cometeu o crime, o menor suspeito estaria trafegando com a bike pelas ruas quando foi abordado por uma guarnição com dois homens da GM, que teriam ficado com a bicicleta. O menor também contou que os dois guardas teriam o agredido, mas não chegaram a encaminhá-lo para a delegacia, apenas ficaram com o veículo.

Na noite deste domingo, o coronel da PM tomou conhecimento que a bicicleta estaria na base da GM e, juntamente com outros militares, eles foram ao local. Lá, encontraram um dos guardas, que foi preso em flagrante. O outro não estava na base e, até o momento, não havia sido apresentado.

O Guarda detido e o outro que não foi apresentado não tiveram seus nomes divulgados. O GM foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

 

Leia Também

Brasil registra mais 335 mortes ligadas à covid-19
CORONAVÍRUS
Brasil registra mais 335 mortes ligadas à covid-19
Setembro Amarelo: MS conta com ações de divulgação do CVV e apoio para famílias em luto
Saúde
Setembro Amarelo: MS conta com ações de divulgação do CVV e apoio para famílias em luto
Criança cai no rio e desaparece na Barra do São Lourenço em Corumbá
Interior
Criança cai no rio e desaparece na Barra do São Lourenço em Corumbá
No "novo normal", tradição de Cosme e Damião se mantém em Corumbá
Interior
No "novo normal", tradição de Cosme e Damião se mantém em Corumbá