Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Mãe de adolescente espancado ignorou filho e defendeu padrasto agressor no Caiobá

O filho ligou para ela e ficou impressionado pela falta de compaixão da mãe

13 janeiro 2022 - 13h00Por Dany Nascimento e Vinicius Squinelo

O adolescente de 13 anos, espancado pelo padrasto no bairro Caiobá, em Campo Grande, ficou impressionado com a atitude da mãe, que defendeu o marido, mesmo presenciando a agressão dos cinco filhos.

Segundo o vizinho, após ficar com diversos hematomas pelo corpo, o menor fez contato com a mãe e foi rejeitado. 

“Ele ligou para ela na nossa frente. Ela pediu para ele falar que apanhou dela, que não foi nada, pediu para ele mentir. Ele falou que não acreditava que estava ouvindo aquilo, que ela viu os quatro filhos apanhando, viu ele ser praticamente desfigurado pelo padrasto e ainda estava do lado do marido”, contou o vizinho.

O morador destaca que o adolescente é querido na região. 

“Ele é muito querido por nós, é um menino bom, mas sofre demais na mão desse homem. As meninas também são do bem, mas temos um carinho especial por ele. É honesto, de um coração bom, mas vive esse sofrimento diariamente. O cara colocava ele para carpir de madrugada, o menino era judiado dia e noite”, afirma o morador. 

O caso 

Moradores ouviram gritos de desespero e descobriram as agressões do padrasto contra os enteados, sendo três meninas e dois meninos, no Caiobá 2. Uma das crianças acabou desmaiando, enquanto outra menina foi puxada pelos cabelos pela mãe ao tentar pedir socorro.

Enfurecidos com a covardia do casal, populares o lincharam o agressor. A mãe das crianças também apanhou, mas conseguiu deixar o local. 

O agressor fugiu com quatro das cinco crianças, em um carro, e segue desaparecido. O menino que levou uma paulada nas costas e desmaiou foi o único que não sumiu com os acusados. 

Segundo informações passadas pela equipe por vizinhos, o Conselho Tutelar já esteve no local diversas vezes, mas nada foi feito até então.

A Polícia segue procurando os envolvidos e investiga o caso.