Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
Polícia

Menina de 11 anos procura mãe e denuncia estupro por parte do pai, tio e avô

Ela morava com o pai e estava com suspeita de gravidez

14 janeiro 2020 - 08h40Por Rayani Santa Cruz

Um homem de 66 anos, e seus dois filhos, de 33 e 45, foram presos suspeitos de estuprar a própria parente de 11 anos, em Boa Vista. Os homens são o avô, pai e tio da vítima, que denunciou o estupro a mãe, após um longo período. 

Segundo o G1, a responsável pelo caso, delegada Jaira Farias, disse que as investigações iniciaram em dezembro do ano passado, após a mãe da menina registrar o boletim de ocorrência. A vítima morava há um ano com o pai e vinha sofrendo abusos dos três. 

Segundo a mãe da vítima, a menina a procurou e relatou os abusos. Ela disse que estava com a suspeita de estar grávida do próprio pai.

“A menina disse que vinha sofrendo abuso sexual por parte do pai diariamente. Uma cunhada do pai dela, chegou a dar um remédio caseiro para que a menina abortasse devido à suspeita da gravidez”, detalhou a delegada.

A menor contou que o tio a abusava passando a mão em suas partes íntimas e que o avô também tentou estuprá-la. A menina passou por exame no Instituto Médico Legal (IML), onde foi constatado o abuso sexual.

“Tanto o pai, o tio e o avô foram ouvidos durante as investigações e negaram os abusos sexuais. Contudo, os exames de conjunção carnal confirmaram que a menina não é mais virgem e apontaram lesões em suas partes íntimas”, detalhou a delegada.

Conforme a Civil, a cunhada do pai da vítima, acusada de dar o remédio a ela, também foi ouvida, mas ela não teve prisão decretada. Quanto à gravidez, a delegada disse que não foi confirmada. Não se sabe se realmente ela abortou quando tomou o remédio caseiro.

A vítima foi encaminhada para atendimento psicológico pela equipe do NPCA (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente). O pai, o tio e o avô foram presos e encaminhados à Cadeia Pública, aonde permanecerão à disposição da Justiça.