Menu
quinta, 26 de novembro de 2020
Polícia

Missionário indigenista é morto a tiros na fronteira; polícia suspeita de latrocínio

Vítima vivia há cerca de 25 anos na região e mantinha uma pequena criação de gado

11 abril 2019 - 10h47Por Luis Abraham

O missionário indigenista Wayne Laroy Goddard, 50 anos, nacionalidade paraguaia e radicado nos Estados Unidos, foi morto a tiros esta noite, na aldeia Mboi Jaguá de Villa Ygatimí, em Canindeyú, Paraguai.

A polícia investiga o caso e suspeita que os criminosos tenham matado a vítima para roubar o celular dele.

De acordo com informações do Ponta Porã Informa, a vítima integrava o grupo Cuerpo de Paz de los Estados Unidos e vivia há cerca de 25 anos na região, onde mantinha uma pequena criação de gado.

Segundo a 11ª Delegacia de Polícia de Villa Ygatimí, o homicídio ocorreu por volta de 20h40. Wayne foi morto com diversos disparos, que atingiram tórax, braço, antebraço e a mão direita.

Não muito distante do local do crime, os policiais encontraram uma escopeta calibre 20 e um notebook Sony de cor preta.

Leia Também

Final feliz: sargento da PM encontra carteira pega por desconhecido na Dom Aquino
Cidade Morena
Final feliz: sargento da PM encontra carteira pega por desconhecido na Dom Aquino
Hospital do Coração está com capacidade máxima de internações
Cidades
Hospital do Coração está com capacidade máxima de internações
Time de futebol de amputados representa MS em quadrangular em SP
Top Esporte
Time de futebol de amputados representa MS em quadrangular em SP
Guarda Municipal inicia preparativos para 'Operação Natalina' na Cidade Morena
Cidade Morena
Guarda Municipal inicia preparativos para 'Operação Natalina' na Cidade Morena