(67) 99826-0686

Mulher desaparecida em aplicativo inventou sequestro, diz marido

Vendedora teria inventado crime porque queria passar um tempo fora de casa. Ela foi encontrada após entrar em contato com um amigo do marido

27 MAI 2019
Da redação/Portal R7
09h54min
Foto: Reprodução/Portal R7

A vendedora Eliane de Oliveira Santos, de 23 anos, que estava desaparecida desde o dia 24, foi encontrada na noite deste domingo (26), após entrar em contato com um amigo do marido e informar que esperava ao lado de um terminal de ônibus em Embu Guaçu, região metropolitana de São Paulo.

Segundo o marido dela, o cozinheiro Jair Alves da Silva, de 38 anos, a vendedora disse que queria passar um tempo fora de casa e por isso inventou a história do sequestro.

De acordo com a RecordTV, há oito meses Eliana já havia saído de casa sem dar notícias à família e ido para a casa de uma amiga em Carapicuíba. 

O caso

Na última sexta-feira (24), a vendedora acionou um carro pelo aplicativo da 99 para voltar da casa da irmã, que fica a dois quilômetros de onde mora. Segundo o marido, quando estava no carro, Eliane Santos mandou uma mensagem que dizia que o motorista havia passado o destino e seguia outro caminho.  

Durante o percurso, ela afirmou que o motorista a ameaçou de morte caso a Polícia fosse acionada. Ele estaria armado e queria roubar o celular dela. Jair procurou a polícia logo depois de sair do trabalho.

Ele tentou ligar diversas vezes para o celular da esposa, mas não havia sinal. Na madrugada de domingo (26) uma pessoa atendeu a chamada. Ao fundo, o marido ouviu uma mulher gritar por socorro. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Itapecerica da Serra no último sábado (25).

Veja também