TJMS
(67) 99826-0686

Durante viagem por aplicativo, mulher relata medo e ameaça e desaparece em SP

Ela enviou mensagens de WhatsApp para o marido e não respondeu mais

26 MAI 2019
R7
18h42min
Foto: Divulgação

A vendedora Eliane de Oliveira Santos está desaparecida há dois dias, após pegar uma corrida por aplicativo, em Itapecerica da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. A mulher de 23 anos acionou um carro pelo aplicativo da 99 por volta das 18h da última sexta-feira (24), para voltar da casa da irmã, que fica a dois quilômetros de onde mora.

Segundo o marido, o cozinheiro Jair Alves da Silva, de 38 anos, a moça mandou uma mensagem pelo WhatsApp dizendo que o motorista havia passado o destino e estava seguindo outro caminho.

Durante a conversa, ela também relatou que o motorista a ameaçou de morte, caso a Polícia fosse acionada, pois estava armado e ele queria tomar o telefone celular dela.

A última frase dita pela vendedora ao marido, na conversa pelo aplicativo, foi "estou com medo".

O cozinheiro tentou ligar diversas vezes para o celular da esposa, mas não havia sinal. Na madrugada de hoje, por volta das 02h, a chamada foi completada e alguém atendeu. Ao fundo, Jair ouviu apenas uma mulher gritar por socorro.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Itapecerica da Serra no último sábado (25).             
Em nota, a 99 informou que recebeu a denúncia do marido de Eliane, mas que "a última viagem realizada pelo perfil cujos dados foram informados aconteceu antes do desaparecimento, no dia 11 de maio de 2019".

A empresa afirmou que estava investigando o caso e está aberta a colaborar com a polícia. O aplicativo também esclareceu que tem acesso à localização dos usuários enquanto eles estão em corrida.

 

 

 

Veja também