Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Polícia

Mulher que alimentava cães e moradores de rua é queimada viva

A mulher, apesar de estar desempregada, costumava alimentar cachorros e moradores de rua da região

25 março 2019 - 07h46Por Luis Abraham

Um rapaz, identificado como Rafael e conhecido como 'Alagoas', 26 anos, confessou nesta segunda-feira (25) ter matado Laura Ishikawa, 56 anos. De acordo com informações do Portal R7, a mulher estava desempregada, mas nunca deixou de alimentar cachorros e moradores de rua na região de Guaianases, zona leste de São Paulo.

Durante a madrugada, Rafael atraiu a vítima alegando que o cachorro dele, o "pretinho" estava doente. O acusado levou a vítima até um posto de combustíveis onde ele dormia. No local, ele deu uma paulada na cabeça de Laura, a enrolou em um colchão e ateou fogo.

Através de uma denúncia anônima, a polícia chegou até o suspeito. Rafael ainda tentou fugir, mas não conseguiu. Perguntado sobre os motivos que levaram a matar Laura, o rapaz se limitou a dizer "não tem motivo, não tenho nada pra falar".

Leia Também

Envenenamento de animais em massa no Jardim Noroeste revolta moradores
Cidade Morena
Envenenamento de animais em massa no Jardim Noroeste revolta moradores
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Política
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Interior
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Cidade Morena
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA