Menu
segunda, 21 de setembro de 2020
Polícia

Namorado preso: PM invade casa pela janela e liberta mulher em cárcere privado

Militares fizeram campana por duas horas antes de dar início a ação

21 fevereiro 2019 - 16h15Por Thiago de Souza

A Polícia Militar prendeu Apolinário Pereira Filho, 31 anos, conhecido como ''Tôto'', suspeito de manter a namorada em cárcere privado, no bairro Cristo Rei, em Anastácio, na manhã desta quinta-feira (21). Para libertar a vítima, policiais invadiram a casa pela janela.

Conforme o JNE, testemunhas é que denunciaram o cárcere da vítima, que também tem 31 anos, após ela mandar um bilhete pedindo pela ajuda policial.

Assim que a PM chegou ao local, viu o imóvel fechado, mas era possível ouvir barulho dentro. Os militares chamaram pela mulher, mas não houve resposta. Em seguida, foi feita uma campana próximo a casa.

Policiais de Aquidauana, que deram apoio a ação, conseguiram ver a vítima e o suspeito por uma fresta na janela. Foi nesse momento que os militares invadiram a residência e confirmaram o crime. Ela confirmou que quando foi chamada pelos PMs, o companheiro a mandou calar a boca.

Ainda conforme o site, os dois se relacionam há dois meses e desde então a vítima sofre com crises de ciúmes do suspeito.

Apolinário foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio, junto com o bilhete que foi entregue pela vizinha aos policiais militares.

Leia Também

Jovem finca agulha de narguilé e mata namorado após discussão por pastel
Geral
Jovem finca agulha de narguilé e mata namorado após discussão por pastel
Apesar de fracas, chuvas continuam na terça e deixam clima fresquinho em Campo Grande
Cidades
Apesar de fracas, chuvas continuam na terça e deixam clima fresquinho em Campo Grande
Trio morre ao trocar tiros com policiais do DOF após assalto em Naviraí
Interior
Trio morre ao trocar tiros com policiais do DOF após assalto em Naviraí
Brasil tem 377 mortes por covid em 24 horas e total chega a 137 mil
Geral
Brasil tem 377 mortes por covid em 24 horas e total chega a 137 mil