Menu
terça, 29 de setembro de 2020
Polícia

Polícia Federal deflagra Operação para desarmar grupos indígenas em aldeia de MS

No total, 30 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão na aldeia Alves de Barros

21 maio 2019 - 07h29Por Dany Nascimento

A Operação Paz no Campo foi deflagrada na manhã desta terça-feira (21), pela Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, com o objetivo de desarmar dois grupos indígenas rivais que disputam o comando da aldeia Alves de Barros, no município de Porto Murtinho – distante 431 quilômetros de Campo Grande.

No total, 30 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande, em Porto Murtinho e no município de Bodoquena. As investigações tiveram início em maio de 2018 a partir de informações recebidas e repassadas pelo Ministério Público Federal à Superintendência da Polícia Federal do Estado, que identificou a existência dos grupos beligerantes e de suas lideranças, sendo constatada a possibilidade de conflito e vítimas decorrentes de atos de violência, inclusive com o uso de armas de fogo.

De acordo com a Polícia Federal, a operação foi batizada de “Paz no Campo” em alusão ao seu objetivo, que é pacificar a Aldeia Alves de Barros. Os materiais apreendidos e eventuais presos em flagrante serão encaminhados para a sede da Polícia Federal na Capital.

Leia Também

Tempo segue seco e sem chuva, calorão predomina na Capital
Cidades
Tempo segue seco e sem chuva, calorão predomina na Capital
Proteção? CRM arquivou três sindicâncias contra médico acusado de assédio sexual
Polícia
Proteção? CRM arquivou três sindicâncias contra médico acusado de assédio sexual
Campo Grande e 29 cidades recebem alerta de tempestades nesta segunda-feira
Cidades
Campo Grande e 29 cidades recebem alerta de tempestades nesta segunda-feira
Combate às queimadas no Pantanal ganha reforço de 120 brigadistas e bombeiros
Cidades
Combate às queimadas no Pantanal ganha reforço de 120 brigadistas e bombeiros