Menu
quinta, 29 de julho de 2021
SEGOV - MICROCREDITO 27 A 29/07
Polícia

Polícia prende suspeito de assassinar missionário na fronteira

A vítima foi atingida por cinco tiros e não resistiu

13 abril 2019 - 12h46Por Anna Gomes

A polícia prendeu Atanacio Godoy Fernández, nesta sexta-feira (12), o principal suspeito de assassinar Wayne Laroy Goddaard, um missionário americano de 50 anos que morreu após ter sido baleado com cinco vezes na última terça-feira (9), na colônia indígena Mboi Jaguá, perto de Villa Ygatimí, departamento de Canindeyú.

De acordo com o Ponta Porã Informa, Godoy tem dois mandados de prisão, um por supostamente ter matado intencionalmente Laroy e também por um roubo de 2012. Em sua posse, duas espingardas e munições foram apreendidas.

O missionário americano foi dedicado a ensinar religião a um grupo de indígenas da etnia Avá Guarani na comunidade. Trabalhou por 25 anos na organização Misión a Nuevas Tribus (MNT). Em sua residência, ele possuía um pomar e uma fazenda de gado.