Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Polícia prende suspeito de assassinar missionário na fronteira

A vítima foi atingida por cinco tiros e não resistiu

13 abril 2019 - 12h46Por Anna Gomes

A polícia prendeu Atanacio Godoy Fernández, nesta sexta-feira (12), o principal suspeito de assassinar Wayne Laroy Goddaard, um missionário americano de 50 anos que morreu após ter sido baleado com cinco vezes na última terça-feira (9), na colônia indígena Mboi Jaguá, perto de Villa Ygatimí, departamento de Canindeyú.

De acordo com o Ponta Porã Informa, Godoy tem dois mandados de prisão, um por supostamente ter matado intencionalmente Laroy e também por um roubo de 2012. Em sua posse, duas espingardas e munições foram apreendidas.

O missionário americano foi dedicado a ensinar religião a um grupo de indígenas da etnia Avá Guarani na comunidade. Trabalhou por 25 anos na organização Misión a Nuevas Tribus (MNT). Em sua residência, ele possuía um pomar e uma fazenda de gado.

 

Leia Também

Vídeo: veja chegada de dupla que matou gêmeos em quitinete em Campo Grande
Polícia
Vídeo: veja chegada de dupla que matou gêmeos em quitinete em Campo Grande
Pastor tortura mulher, mas vai para Justiça por acusar homem de caso com ela
Polícia
Pastor tortura mulher, mas vai para Justiça por acusar homem de caso com ela
Bolsonaro tem 'ótima evolução clínica' e deixa hospital após retirar cálculo da bexiga
Geral
Bolsonaro tem 'ótima evolução clínica' e deixa hospital após retirar cálculo da bexiga
SEM PÂNICO: ‘apenas’ 7 mil pessoas transmitem covid em MS
CORONAVÍRUS
SEM PÂNICO: ‘apenas’ 7 mil pessoas transmitem covid em MS