Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Polícia

PF cumpre mandados e investiga candidata que tentou burlar justiça eleitoral em Campo Grande

A suspeita teria supostamente fraudado a prestação de contas apresentada

23 maio 2019 - 10h30Por Dany Nascimento

A Polícia Federal, com apoio do MPE (Ministério Público Estadual) cumpre nesta quinta-feira (23), três mandados de busca e apreensão que foram expedidos pelo juiz da 53ª Zona Eleitoral de Campo Grande.

Segundo a PF, a ação investiga a uma candidata a deputada estadual que, supostamente, teria fraudado a prestação de contas apresentada à Justiça Eleitoral. Na prestação apresentada, a candidata teria infringido os artigos 350 e 354-A do Código Eleitoral.

“Omitir, em documento público ou particular, declaração que dêle devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais”, diz o artigo 350, da Lei Eleitoral nº 4.737 de 15 de Julho de 1965.

“Apropriar-se o candidato, o administrador financeiro da campanha, ou quem de fato exerça essa função, de bens, recursos ou valores destinados ao financiamento eleitoral, em proveito próprio ou alheio”, reza o Art. 354-A da mesma lei citada acima.

De acordo com a polícia, os mandados foram cumpridos em Campo Grande, mas o nome da candidata e outros dados não foram concedidos para a imprensa.

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar