TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 12 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Polícia

Preso é achado enforcado em cela da Máxima em Campo Grande; 2ª morte no dia em MS

Em Naviraí, preso, supostamente, passou mal e faleceu

01 maio 2019 - 17h06Por Thiago de Souza

Detento Daniel Adriano Alandim, 22 anos, foi encontrado morto, na tarde desta quarta-feira (1º), em uma das celas do Presídio de Segurança Máxima, no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Conforme apurado pelo TopMídiaNews, ele foi achado enforcado.

O serviço funerário foi acionado para retirar o corpo. A Agência de Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul, a Agepen, retornou o contato com o site e atualizou as informações.

Daniel foi preso em 2015 com um comparsa, na cidade de Jardim. Ele foi acusado de sequestro relâmpago e roubo de carros em Campo Grande. Alamdim abordou um casal na Via Morena, em Campo Grande, com um revólver calibre 38, o amarrou e levou para um matagal na saída para Terenos. À época, o preso confessou o crime.

Mais morte

O interno Anderson José de Souza, 35 anos, foi encontrado morto, na madrugada desta quarta-feira (1º), dentro da cela que ocupava no Presídio de Segurança Máxima, em Naviraí. Ele teria passado mal e morreu no local.

Conforme o site Enfoque MS, no boletim de ocorrência consta que por volta da meia noite, demais internos do pavilhão 2 usaram toalhas para acenar para os agentes penitenciários e avisar que havia problemas no local.

Interno morreu na cela 12 após ter passado mal. (Foto: Agepen)

Os agentes foram até a cela 12 e viram o interno caído no chão, sem vida. Os demais presos foram colocados em outro pavilhão e a perícia acionada.

Os detentos, diz o site, contaram que Anderson começou a se debater e vomitar, quando caiu no chão e morreu.

O caso foi registrado como morte a esclarecer pela Polícia Civil.

* Matéria alterada às 17h34 para atualizar as informações da Agepen