(67) 99826-0686

Preso é encontrado morto na Máxima e sindicato suspeita de execução

Detento foi encontrado com corda artesanal amarrada no pescoço

5 DEZ 2016
Kerolyn Araújo
16h46min

Adonias Silveira Felipe, 33 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (05), no Presídio de Segurança Máxima da Capital. Ele estava com uma corda artesanal enrolada no pescoço na cela 408 e a suspeita é de que ele tenha sido assassinado por outros presos.

De acordo com informações do Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul (Sinsap-MS), o corpo de Adonias foi encontrado com uma corda artesanal amarrada no pescoço, indicando um suposto suicídio, porém foi descoberto que a cela 413 estava com as grades serradas e que nove presos tiveram acesso a cela 408.

Ainda conforme o Sinsap, além de serrar as celas 413 e 408, os detentos serraram a cela que dava acesso ao corredor e arrebentaram o cadeado. Os presos suspeitos de terem executado Adonias estão com escoriações pelo corpo. O sistema de monitoramento não está funcionando no setor do crime.

O caso será investigado. 

Veja também