Menu
domingo, 22 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Polícia

Preso na Operação Harpócrates é empresário polêmico que ostentava e zombava da polícia

Rapaz já foi detido por desacato e ainda zombou de policiais

21 dezembro 2017 - 15h10Por Diana Christie e Vinícius Squinelo

Um dos presos na Operação Harpócrates, deflagrada na manhã desta quinta-feira (21), é o empresário Marcel Colombo, 30 anos. Polêmico, ele é conhecido em Campo Grande por sempre ostentar grifes e produtos de marca, além de ter sido detido por desacato a policiais após realizar uma festa em mansão no bairro Carandá Bosque.

Na época, ele riu da ação policial e ainda tirou sarro de uma equipe de reportagem televisiva garantindo que logo estaria solto e difícil mesmo é para quem estava trabalhando em uma quinta-feira de manhã.

Desta vez, Marcel foi preso suspeito de lavagem de dinheiro. Segundo investigação da Polícia Federal, que teve apoio da Receita Federal, ele trazia mercadorias ilegais de outros países e revendia na Capital sem pagar os impostos devidos.

As medidas de busca e apreensão foram deferidas pelo Juízo da 5ª Vara Federal de Campo Grande, com manifestação do Ministério Público Federal. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em diversas localidades. Participaram da Operação 18 policiais federais e quatro servidores da Receita Federal.

O nome da operação faz referência à mitologia grega, na qual Harpócrates representa o Deus do silêncio e do segredo, contrastando com a ostentação apresentada por alguns investigados.

Veja reportagem com declarações do empresário, feita por rede de TV regional: