Menu
sábado, 25 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Servidores da Câmara de Aquidauana são presos por desvio de R$ 2 milhões

Eles são suspeitos de desviar recursos de folhas de pagamentos dos servidores; um deles tentou forjar suicídio para escapar da prisão

27 julho 2020 - 12h31Por Rayani Santa Cruz

Na manhã desta segunda-feira (27), a Polícia Civil de Aquidauana prendeu dois servidores da Câmara do município pelo crime de peculato e falsificação de documento público. Eles são suspeitos de desviarem recursos correspondentes aos descontos dos impostos de renda da folha de pagamento de todos os funcionários do Legislativo.

Conforme o Pantaneiro, a dupla é suspeita de, somente no primeiro semestre deste ano, ter desviado cerca de R$ 500 mil. Entre os anos de 2017 e 2020, estima-se que o valor desviado chegue a R$ 2 milhões.

Três delegados e 12 investigadores da Polícia Judiciária cumprem, ainda, mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos dois servidores que exercem função de contador e de controlador do órgão. 
 
Um dos presos chegou a forjar um suicídio dizendo que se jogaria da ponte. Ele enviou um áudio para familiares alertando que ia tirar a própria vida, mobilizou o Corpo de Bombeiros em sete dias de buscas.