Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Polícia

Traficante corre da polícia, mas acaba preso com casa recheada de droga

O suspeito tentou se esconder embaixo de um tanque

28 maio 2019 - 07h58Por Dany Nascimento

Giovanni Ramalho Magalhães, 26 anos, foi preso por na madrugada de hoje (28) flagrado comercializando drogas na Rua Felipe Balbuena, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande. De acordo com o Boletim de Ocorrência, uma equipe da Polícia Militar realizada rondas na região e no momento em que o suspeito avistou a viatura, saiu correndo para dentro de uma casa.

Os policiais adentraram no local e encontraram Giovanni escondido embaixo de um tanque nos fundos da residência. Ele estava com trouxinhas de cocaína no bolso e quatro munições de calibre .38 no chão. Questionado sobre as munições, ele disse que jogou as balas no chão para tentar esconder da guarnição.

Ao vistoriar a casa do suspeito, os policiais encontraram uma garrafa pet com papelotes, uma tablete de droga com a marcação 1533 PCC (Primeiro Comando da Capital), uma faca, uma balança de precisão e outros itens utilizados para o preparo de trouxinhas de droga para venda.   

No forro da casa, os policiais encontraram uma mochila recheada de drogas. Ele contou que pagou R$ 4 mil pelos tabletes de maconha e fracionava a droga para vender por R$ 10 e trouxinha de cocaína, comercializava por R$ 20. Ele foi preso e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

A droga foi encaminhada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Leia Também

Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
Interior
Iguana vai parar em prateleira de loja e só PMA para resgatar
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Política
COMEÇOU A GUERRA: PP pede impugnação de Harfouche
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Interior
Enfermeiro se comove ao ver cão lutar para ficar com dono internado em Anastácio
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil
Geral
Gravíssimo: Brasil tem 1.031 mortes por covid em 24 horas, com total de 143 mil