TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 12 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Polícia

Travesti diz que R$ 50 'é pouco' e com navalha em mãos obriga cliente a assinar termo de dívida

E o programa sexual tão desejado não rolou, diz o cliente

25 maio 2019 - 08h54Por Thiago de Souza

A noite desta sexta-feira (24) não terminou bem para um jovem de 23 anos, que contratou os serviços sexuais de uma travesti, em Dourados. Ele foi à polícia dizer que foi obrigado a pagar R$ 50 e assinar um termo de dívida, além de ameaças.

Conforme o Dourados News, o cliente achou a travesti por meio de um anúncio. O encontro foi marcado na esquina das ruas Joaquim dos Santos Veríssimo Filho com a Sinésio de Matos. Assim que chegou ao local, a vítima diz já ter sido surpreendida pela travesti com uma navalha e que ela teria dito que o valor do programa mudaria. A profissional do sexo ainda teria dito a ele que os 'cinquentão' era pouco.  

O rapaz diz que a travesti não fez o programa e fez ele pagar os R$ 50. Ainda conforme a ocorrência, ele foi obrigado a assinar um documento no qual citava que ele ficaria com uma dívida de R$ 5 mil com ela, diante de ameaças do tipo: ''eu sei onde você mora'', ''anotei a placa do seu carro''.