Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Polícia

Tribunal de Justiça nega liberdade à vereadora Marisa Rocha

Marisa está presa desde a semana passada no presídio feminino de Três Lagoas, apontada como chefe de organização criminosa

12 março 2019 - 10h35Por Da redação/JP News

O desembargador Rui Celso, do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS), negou liminar e manteve a prisão preventiva da vereadora licenciada Marisa Rocha (PSB), atual secretária de esportes da Prefeitura de Três Lagoas. A defesa dela entrou na sexta-feira (8) com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça do Estado para que a parlamentar pudesse responder em liberdade pelo crime de que é acusada.

Marisa está presa desde quarta-feira (6) no presídio feminino de Três Lagoas, apontada como chefe de uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas. A prisão é decorrente de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) durante Operação Themis 2, realizada em janeiro deste ano, com escutas telefônicas, depoimentos e apreensão de provas, inclusive celulares e computadores.

A operação encontra-se em fase conclusiva, segundo o Gaeco. As investigações começaram com um pedido de apoio da Promotoria de Justiça para esclarecer uma possível ameaça de morte contra uma promotora de Justiça da cidade. “Temos que a prisão da minha cliente, fora infortúnio.

Ela foi pega num turbilhão de situações em que a única motivação dela, era de ajudar os outros (sic)", diz nota encaminhada ao Jornal do Povo pelo advogado e filho da vereadora, Juliano Rocha de Moraes, na sexta-feira (8). Desde a prisão, Marisa está em uma cela do presídio, com outra detenta, segundo a agência estadual que administra presídios, porque a parlamentar possui diploma de curso superior. O presídio possui, atualmente, 83 detentas.

Leia Também

Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Cidades
Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Geral
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Política
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais
Geral
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais