TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quarta, 29 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Polícia

VÍDEO: vereadora é agredida por outro parlamentar em discussão sobre obra em Bela Vista

Fabrizia Tinoco disse que foi arrastada pelos cabelos, pelo vereador Francisco Leite Gutierres

14 maio 2020 - 09h30Por Rayani Santa Cruz

De Bela Vista, a vereadora Fabrizia Tinoco (PRB) publicou vídeo em eu perfil do Facebook expondo que foi agredida pelo vereador e ex-secretário de Obras, Francisco Leite Gutierres (PSDB). Ele arrastou Fabrizia pelos cabelos, durante uma discussão sobre obra abandonada, em uma das vias da cidade.

Segundo a parlamentar, a violência ocorreu na tarde desta quarta-feira (13), no momento em que ela visitou a obra da rua Álvares Cabral, que foi paralisada pela empresa responsável mais uma vez, e cobrou explicações do atual secretário de Obras Luís Gonzales Fernandes. 

O tumulto envolveu a engenheira responsável, o vereador Gutierres e foi presenciado por funcionários do escritório, em frente à via inacabada. Segundo ela, o fato não pode ser escondido, pelo fato dela ser vereadora e cuidar das leis, trabalhar com o tema e viver alertando a sociedade sobre violência doméstica. 

“Eu jamais imaginei que ia chegar aqui para falar sobre um assunto, que a gente luta muito no dia a dia. Isso [a agressão] aconteceu comigo, no meu ato de fiscalizadora”, explica.

Ela afirmou que, durante a conversa com o secretário Luís, o vereador Gutierrez que saiu do cargo de secretário de obras recentemente, também chegou ao local e rapidamente entrou no escritório. Ela foi atrás dele, para conversar sobre os serviços abandonados pela empresa, e pediu ajuda para cobrar. Mas, ele não respondeu nada e a engenheira responsável iniciou uma discussão.

“Entrei e ele estava na sala tirando xérox. Eu cobrei ele, mas ele não respondeu e saiu da sala. Logo, a engenheira da obra entrou e tivemos uma discussão bastante calorosa. No papel dela, ela explicou que a obra está sendo bem feita, e eu no meu ponto de vista não. Eu tive que ouvir que ‘enchia o saco’, sendo que é o meu papel”.

(Vereadora Fabrizia Tinoco mostrando o braço roxo, após ser abredida pelo vereador Gutierres)

Encerrada a discussão, a vereadora afirmou que pediu desculpas ao atual secretário, e disse que ele era um ‘secretário de fachada’. O que causou a fúria do vereador Gutierres, que partiu para cima dela. 

“Ele simplesmente grudou no meu braço com força, e disse ‘você está falando que ele é secretário de fachada?’, me arrastou pelos cabelos e me jogou pra fora da sala. Como se eu fosse um lixo. Eu me senti tão violentada, tão horrorizada com a cena. Fiquei sem reação, passei por três mandatos e nunca passei por isso. Fiquei com medo, com vergonha e sai de lá sem saber o que fazer. Se eu ficasse ali, ele ia me bater mesmo”, disse a Fabrizia aos prantos.

A parlamentar afirma que a violência foi tamanha e que não iria se calar diante do trauma emocional. “Eu não posso ficar sem falar isso a vocês. Não queria tornar público pela vergonha, apesar de ser agredida. Por isso, que muitas mulheres apanham, sofrem violência, assédio e ficam caladas. Mas, eu não fiz nada e mesmo se tivesse feito, ninguém tem o direito de agredir, ninguém”, explicou.

A vereadora registrou boletim de ocorrência, foi ao hospital, fez exame de corpo de delito, e procurou advogados para entrar com processo. Fabrizia disse que está com medo, pelo fato de Gutierrez se policial aposentado.

Veja o vídeo: