Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
Política

André Puccinelli lidera rejeição em Campo Grande, seguido de Zeca

Dois ex-governadores são campeões negativos na cidade, segundo Itop

06 janeiro 2020 - 09h30Por Vinícius Squinelo

Rivais de décadas, André Puccineli (MDB) e Zeca do PT são parceiros pelo menos em um ponto: a rejeição do campo-grandense. É o que aponta pesquisa do Itop (Instituto TopMídia de Pesquisas) que ouviu 1.200 pessoas antes do fechamento do ano.

Conforme apurado no levantamento, Puccinelli tem rejeição de 21%. Ele foi o mais citado quando a pergunta era a seguinte: ‘em quem você não votaria de jeito nenhum’ para prefeito de Campo Grande?

Zeca apareceu em segundo colocado de rejeição, com 16%. A lista segue com Beto Pereira (PSDB), com 9%, Capitão Contar (PSL), com 7%.

Os citados em pesquisas estimuladas (leia aqui), Odilon de Oliveira (sem partido) tem 4,5% de rejeição; Rose Modesto (PSDB), 3,5%, e Marquinhos Trad (PSD) 2%. Veja a rejeição completa:


DADOS
A pesquisa do Itop foi realizada em todas as regiões de Campo Grande entre os dias 13 e 19 de dezembro, e obedecendo as normas estatísticas. Como ainda foi feita em 2019, não foi necessário o registro junto à Justiça eleitoral.

A margem de erro máxima estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos dentro de um nível de confiança de 95% sobre os resultados.