TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
Gov - PPA 23 a 27/07

Deputados de MS detonam Bolsonaro por defesa do trabalho infantil: 'escola dignifica a criança'

Parlamentares discordam de afirmações do presidente

10 JUL 2019
Celso Bejarano, de Brasília
19h00min
Foto: Wesley Ortiz

Pelo Facebook, Jair Bolsonaro (PSL) disse que quando era criança, tinha nove anos, trabalhava em fazenda e, por isso, “não foi prejudicado em nada”. A fala do presidente foi duramente criticada por entidades como a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e o Ministério Público do Trabalho, que viram na frase um incentivo ao trabalho infantil.

Fábio Trad, deputado federal do PSD-MS, não aprofundou-se no assunto, contudo, é fácil entender o que achou do pronunciamento: “o trabalho dignifica o homem e a escola dignifica a criança”, resumiu.

Já Vander Loubet, deputado federal do PT-MS, viu um erro grave no argumento de Bolsonaro. “Lugar de crianças é nas escolas, não podemos voltar ao mundo de lá atrás, precisamos, sim, é de mais escolas em tempo integral. As crianças precisam estudar para encarar a vida através da educação dos estudos”, afirmou o parlamentar, que acrescentou: “o que ele disse não contribui em nada para o Brasil, pelo contrário”.

Para o parlamentar, Bolsonaro tratou o trabalho infantil como meio de atrair a atenção de uns 20% ou 25% da população, contingente que “pensa como ele”.

Ainda segundo Loubet, Bolsonaro deveria “sair do palanque” e criar projetos com objetivo direto, que é o de criar empregos no país. “O que ele devia fazer era se preocupar com os 14 milhões brasileiros que enfrentam o desemprego. Trabalho infantil é um assunto ultrapassado”, afirmou o deputado.

Veja também