GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Política

Apenas dois vereadores votam contra reajuste dos próprios salários, veja a lista completa!

Medida deve ser aplicada a partir de 2021

06 dezembro 2018 - 16h14Por Celso Bejarano

O reajuste salarial dos 29 vereadores de Campo Grande, aprovado na sessão desta quinta-feira (6), em regime de urgência, numa primeira votação, deve ser aplicado de modo gradual, a partir de janeiro do ano que vem. Hoje, a remuneração mensal do vereador é de R$ 15 mil e, com o aumento completo, alcança a cifra de R$ 19 mil.

Veja a lista de votantes: 

A proposta que garantiu o reajuste salarial dos vereadores a partir de janeiro foi apoiada pelos vereadores Enfermeira Cida Amaral (PROS), William Maksoud  (PMN), Ayrton Araújo (PT), Ademir Santana (PDT), Loester (MDB), Wilson Sami (MDB), Betinho (PRB), Gilmar da Cruz (PRB), Carlão (PSB), Enfermeiro Fritz (PSD), Chiquinho Telles (PSD), Delegado Wellington (PSDB), Antônio Cruz (PSDB), Lívio Viana (PSDB), Valdir Gomes (PSDB), Cazuza (PP), Dharleng Campos (PP), Odilon de Oliveira (PDT), Ademir Santana (PDT), Otávio Trad (PTB) e Eduardo Romero, do Rede.

Votaram contra o reajuste os vereadores Vinícius Siqueira (DEM) e André Salineiro (PSDB).

Não apareceram na sessão desta quinta-feira (6) os vereadores veterinário Francisco (PSB), que está de licença médica, Júnior Longo (PSB), Lucas Lima (SD) e João César Mattogrosso, do PSDB. O presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), não presidiu a sessão e votou a favor. O vereador Papy (SD) foi que presidiu a sessão, por isso não votou.

Os detalhes

Os aumentos em questão serão votados novamente pela Câmara e, depois, depende da sanção do prefeito.

O reajuste salarial dos políticos segue a recente medida que aumentou a remuneração dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), que recebiam R$ 33 mil mensal para R$ 39 mil. Com isso, aumentos salariais podem ser impostos nas esferas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Pelas explicações dos vereadores de Campo Grande, o reajuste é aplicado a partir de 2021.

* Matéria editada às 16h29 para correção de informações