TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Assessor especial ligado a Tereza Cristina é investigado por fraude em licitação

Ministra da Agricultura teria conhecimento das investigações

12 JUL 2019
Maressa Mendonça
11h17min
Foto: Wesley Ortiz

Assessor especial da ministra Tereza Cristina, o servidor Basílio de Freitas de Souza é investigado por fraude em licitação. Denúncias apontam que ele teria superfaturado e direcionado o certame e, por esse motivo, o Ministério Público Federal pediu abertura de um inquérito por parte da Polícia Federal.

A ministra da Agricultura, que é sul-mato-grossense, teria conhecimento dessas investigações. Todas as informações foram publicadas pela revista Exame, nesta sexta-feira (12), com base em outra reportagem da Reuters.

Conforme a publicação, o suposto desvio ocorreu em 2014, durante a elaboração de um projeto de cooperação técnica para ajudar o governo "no fortalecimento do sistema brasileiro de defesa agropecuária". 

Freitas foi nomeado assessor especial de Tereza pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no dia 25 de janeiro. Antes da nomeação, o corregedor do Ministério da Agricultura teria enviado ofícios ao MPF e à PF alertando sobre a possibilidade do envolvimento de agentes públicos em fraudes em uma licitação. 

Em comunicado enviado à imprensa, o Ministério da Agricultura teria respondido que o processo administrativo não é impedimento para nomeação de um servidor.

Veja também