Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
Política

VÍDEO: aumento de salário de juízes de MS é aprovado sob protestos na Assembleia

Trabalhadores do Poder Judiciário são contra o reajuste de até 20% para magistrados

10 dezembro 2019 - 13h24Por Rayani Santa Cruz

Protestos e manifestações de trabalhadores do Poder Judiciário marcaram a primeira sessão da semana da Assembleia Legislativa. O ato contra o aumento salarial de 20% para juízes e desembargadores de Mato Grosso do Sul ocorreu na manhã desta terça-feira (10), em Plenário. 

A proposta foi aprovada pela maioria e apenas os deputados Pedro Kemp e Cabo Almi, ambos do PT, e Renan Contar (PSL) votaram contra.

O chamado 'penduricalho' no orçamento foi inicialmente apresentado com o valor de 30%. Depois do descontentamento de parte da sociedade, a proposta do TJ-MS (Tribunal de Justiça de MS) acabou revisada pelos deputados e estipulado o valor de até 20% de aumento. 

Hoje, o protesto de 40 servidores foi pelo Sindijus-MS (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul). A cavalaria da Polícia Militar e cerca de 15 policiais reforçaram a segurança no local.

O presidente do Sindijus, Leonardo Lacerda, disse que os trabalhadores estão indignados. “Os servidores estão revoltados e com sentimentos de injustiça, pois o Tribunal vem cortando o orçamento e não repondo servidores faltantes. É um penduricalho imoral”, defendeu. 

Leonardo diz que o próximo passo é pedir ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) uma liminar para suspensão do reajuste.

De acordo com o projeto, o Tribunal prevê que o pagamento imediato do aumento após a sanção do governador. 

Veja o vídeo: