Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Política

Bolsonaro será internado e vai passar por cirurgia

O risco de complicações é muito pequeno porque a cirurgia endoscópica é simples

24 setembro 2020 - 08h31Por Dany Nascimento

O presidente Jair Bolsonaro vai passar por uma cirurgia amanhã (25), para a retirada de cálculo na bexiga. A Secretaria Especial de Comunicação não deu detalhes sobre o procedimento, mas ele é considerado simples.

O urologista Thiago Seiji Carvalho da Silveira, da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo, informou que o tipo de tratamento realizado depende do tamanho da pedra que o paciente possui.

Segundo o T7, o cálculo na bexiga de Bolsonaro é um pouco maior do que um grão de feijão, que possui em torno de 6 milímetros, conforme ele mesmo descreveu. Nesse caso, é possível fazer a retirada com a realização de uma cirurgia endoscópica chamada cistotripsia.

O urologista explica que essa técnica é simples e minimamente invasiva. "Não tem cortes, é uma cirurgia que usa o acesso natural do organismo. Um aparelho chamado cistoscópio entra pela uretra e chega até a bexiga", descreve.

Esse aparelho possui uma câmera -  que permite visualizar o cálculo - e também serve para retirá-lo. "Pode ser removido inteiro ou fragmentado com uma fibra de laser", detalha o médico.

A cirurgia exige anestesia, que pode ser regional (raquidiana) ou geral. Silveira afirma que o processo dura menos de uma hora e o tempo de internação varia entre dois e três dias para a maioria dos pacientes.

Segundo ele, o risco de complicações é muito pequeno porque a cirurgia endoscópica é simples e os avanços tecnológicos na área da medicina tornaram todos os procedimentos mais seguros.

 

Leia Também

Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Interior
Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Geral
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Geral
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes
Política
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes