Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
ALMS
Política

CCJ pede mais prazo e Câmara Municipal adia votação de vetos de Bernal

Os vereadores concederam prazo de 15 dias para análise da comissão

30 agosto 2016 - 13h21Por Dany Nascimento

Atendo o pedido da CCJ (Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final), os vereadores da Capital adiaram a análise de quatro vetos do prefeito Alcides Bernal (PP), que foram agendados para serem votados durante sessão ordinária desta terça-feira (30) na Câmara Municipal.

O pedido da CCJ solicita um prazo de 15 dias para fazer a análise. O projeto que proibia a aplicação de multas por avanço em sinais vermelhos depois das 21 horas até às 6 horas é um dos vetos.

Foi adiada a votação também do projeto que trata da sinalização em áreas de alagamento, criação do Dia Municipal da Educação Especial e criação de ponto de táxi em evento público. A expectativa daqueles que compareceram à sessão era que os vereadores derrubassem os vetos do Chefe do Executivo, mas os parlamentares optaram por um tempo maior de análise.

Ao falar do veto do projeto que permite o avanço de sinais vermelhos, o prefeito alega que não pode mudar a legislação referente ao trânsito, cabendo as alterações apenas ao âmbito federal.  

Leia Também

Estudante é morto a tiros após correr durante operação policial
Geral
Estudante é morto a tiros após correr durante operação policial
Pico do coronavírus agora é previsto para agostou ou setembro, diz Saúde
Saúde
Pico do coronavírus agora é previsto para agostou ou setembro, diz Saúde
Homem é encontrado morto após ser atropelado por Saveiro e moto na Fábio Zahran
Polícia
Homem é encontrado morto após ser atropelado por Saveiro e moto na Fábio Zahran
Brasil chega a 64.375 mortes confirmadas por covid, aponta boletim
Saúde
Brasil chega a 64.375 mortes confirmadas por covid, aponta boletim