ENTREGAS
Solurbe - corrida do meio ambiente 18/04 a 08/05
(67) 99826-0686
Prestação de contas 17/04 a 26/04/2019

Cunhada de deputado vira assessora na Assembleia e levanta debate sobre moralidade na política

Ela atuava no Previsul; agora virou assessora técnica, segundo publicação no Diário Oficial

17 ABR 2019
Celso Bejarano, Diana Christie e Thiago de Souza
07h00min
Foto: Reprodução/Facebook

Fabiana Domingos Gonçalves Moleiro, lotada como assessora da Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul, desde janeiro deste ano, trocou de emprego. Na edição de segunda-feira (15), do Diário Oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, a publicação diz que ela assumiu no dia 1º de abril o cargo em comissão de Assessora Técnica Legislativo, símbolo PLAI.03.02, do quadro de pessoal da casa legislativa.

Fabiana é irmã de Juliana Domingos, noiva do deputado estadual pelo PR João Henrique Catan, neto do ex-governador de MS, Marcelo Miranda. Em tese, o salário dela será de R$ 2.156. O nome da ''felizarda'' ainda não consta na lista dos servidores da Casa.

Leitores do TopMídiaNews questionaram a questão moral da nomeação, inclusive pelo deputado ser jovem e se colocar como ''novo'' na atividade política. 

Pelas redes sociais, Fabiana mostra-se atuante na vida política do parlamentar estreante – ele foi eleito pela primeira vez em outubro passado. Ela aparece em fotografias ora ao lado do noivo, ora com símbolos da candidatura do deputado (foto).

Deputado Henrique Catan, estreante na política de MS - Foto: Wesley Ortiz

Mera formalidade

A assessoria do parlamentar informou que Catan estaria em um evento na Santa Casa de Campo Grande e não poderia atender a reportagem, nem por alguns minutos. Disse também que Fabiana não trabalha no gabinete, e sim em outra função na Casa de Leis. Por isso, a situação não se configura como nepotismo, além do que o deputado não é casado com a irmã dela -  Juliana - e sim noivo.

Entramos em contato com Fabiana, mas ela não respondeu.

 

Veja também