TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Política

Dagoberto cita uma morte por dia e risco de surra e inclui jornalistas na vacina contra covid

Jornalismo já é considerado atividade essencial na pandemia

08 abril 2021 - 19h42Por Thiago de Souza

Projeto de Lei do deputado Dagoberto Nogueira, do PDT, inclui jornalistas e demais profissionais da comunicação como prioritários na vacinação contra a covid-19. O texto foi divulgado nesta quinta-feira (8). 

Conforme a argumentação do parlamentar, o jornalismo já é classificado como atividade essencial durante a pandemia. Ele cita que os profissionais, como repórteres fotográficos e radialistas estão na linha de frente na cobertura da pandemia, o que gera risco de contágio. 

No PL, Nogueira mostra estudo da Universidade Federal do RJ, que dá conta de os profissionais do jornalismo estão mais expostos ao novo coronavírus, com 52% de chance de contágio. 

Outro apontamento feito pelo deputado vem da Federação Nacional dos Jornalistas, que mostra que o Brasil é país com maior número de jornalistas mortos pela doença no mundo. 

‘’Apenas nos três primeiros meses deste ano, 86 casos fatais foram registrados . Aumento, até agora, de 8,9% em comparação com 2020. A média diária de óbito dos profissionais por mês no ano passado foi de 8,5. Em 2021, essa média alcança 28,6 mortes’’, diz trecho do projeto de lei. 

Além do risco de ficar doente e morrer, Dagoberto cita casos de agressões verbais e físicas, sofridas pelos profissionais na cobertura diária da pandemia.