TCE MAIO
(67) 99826-0686

Marquinhos comemora resultado e já planeja segundo turno com aliados

O candidato destacou que busca apoio daqueles que atacaram sua candidatura

2 OUT 2016
Dany Nascimento e Rodson Willyams
20h03min
Foto: Geovanni Gomes

Após receber 34,57% dos votos válidos e ter a confirmação de uma disputa de segundo turno com a candidata do PSDB, Rose Modesto, Marquinhos Trad (PSD) chegou ao comitê ovacionado pelos gritos de "O campeão voltou". Ele destacou que, no final das comemorações, já pretende conversar com os presidentes dos partidos coligados para traçar novas estratégias em busca da vitória no dia 30 de outubro.

Marquinhos garante que vai buscar apoio tanto dos candidatos que atacaram sua candidatura como daqueles que foram solidários a ela. "Ao final da comemoração, vou sentar com os presidentes dos partidos coligados para definir estratégia para a partir de amanhã, procurar os candidatos que não venceram eleição. Vou procurar aqueles que me atacaram e aqueles também que acabaram solidários a mim, mas que não venceram as eleições".

Questionado sobre os votos que recebeu, desbancando a tentativa do prefeito Alcides Bernal (PP) de voltar a ser o Chefe do Executivo a partir de 2017, Marquinhos acredita que a população campo-grandense deu o seu recado, levando em consideração tanto sua conquista para disputar segundo turno e pelos novos nomes que devem cumprir mandato como vereador na Capital.

"Campo Grande mostrou no voto, deu o seu recado inclusive com os novos nomes que entraram na Câmara Municipal. Vejo esse momento com extrema satisfação porque essa foi a quinta vez em que fui colocado em primeiro lugar", diz Marquinhos.

Trad fez questão de agradecer o apoio que recebeu da família e dos partidos que caminharam com o PSD. "Estou emocionado e agradeço minha esposa e meus quatro filhos que estiveram ao meu lado, além dos partidos que caminharam juntos".

Marquinhos faturou 34,57% dos votos válidos, seguido pela tucana, que conquistou 26,62% do eleitorado. Em terceiro lugar, Alcides Bernal (PP) faturou 26,01% dos votos. Coronel David (PSC) somou 4,83% dos votos válidos, Marcelo Bluma (PV), 2,51%, e Alex do PT 1,99%.

Athayde Nery (PPS) teve 0,93%, Aroldo Figueiró 0,76%, Pedro Pedrossian Filho (PMB) 0,57%, e Lauro Davi (PROS) 0,45%. Na sequência, Adalton Garcia (PRTB) aparece com 0,38%, Suél Ferranti (PSTU) com 0,31%, Elizeu Amarilha (PSDC) somou 0,05% e José Arce (PCO) com 0,04%.

Rosana Santos (Psol) recebeu 2.351 votos, mas teve a candidatura indeferida pelo TRE-MS e o seu resultado soma-se aos nulos. Votos em branco alcançaram os índices de 3,66% e nulos, 7,49%. Foram apuradas 1.669 urnas, representando 100% do total.

 

  

 

 

 

Veja também