TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Política

No discurso da diplomação, Reinaldo lembra que criou emprego e aumentou salários em meio à recessão

Reeleito, governador teve 677 mil votos nas últimas eleições

14 dezembro 2018 - 22h08Por Thiago de Souza e Celso Bejarano

No discurso que fez ao ser diplomado novamente governador de Mato Grosso do Sul, na noite desta sexta-feira (14), em Campo Grande, Reinaldo Azambuja (PSDB) lembrou como o governo criou oportunidades em meio a uma das maiores recessões da história do país. Também aproveitou para se defender dos ataques sofridos na eleição.

Reinaldo foi ouvido por cerca de mil pessoas que lotaram o Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes. Ele destacou que chegou ao fim do mandato tendo Mato Grosso do Sul como um dos melhores estados do país na área econômica.

O tucano falou que outras regiões do país não tiveram as conquistas que os sul-mato-grossense tiveram, como salários em dia, reajuste salarial dos professores e criação de empregos.

''E ainda com perspectiva de melhorar mais'', observou o governador.

Sobre o novo momento político do país, Azambuja disse que vai seguir a trilha do governo Bolsonaro, que considera um homem bem intencionado para o país.

''E se é para o país, é para Mato Grosso do Sul'', completou.

Reinaldo falou que MS foi destaque em meio à recessão. (Foto: Wesley Ortiz)

O governador reeleito falou dos ataques que recebeu na eleição e disse que respondeu ponto a ponto as questões trazidas pelos adversários e que vai provar na justiça que o que falam dele é mentira.

''A verdade se sobrepõe à mentira. Tudo será provado judicialmente'', garantiu Azambuja.
União

Azambuja aproveitou para dar um recado a quem o elegeu, mas também aos que não confiaram o voto nele.

''Podem contar com o governador de Mato Grosso do Sul'', finalizou.