Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
Política

Vereador critica instalação da Fundesporte em prédio de escola: 'e a educação?'

Ele prefere a municipalização do prédio pela prefeitura de Campo Grande

03 dezembro 2019 - 14h38Por Rayani Santa Cruz

A escola Estadual Professor Carlos Henrique Schrader, localizada no Jardim Flamboyant, em Campo Grande, será fechada esse ano e, no local, haverá a ocupação de um centro da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul). 

O vereador Valdir Gomes (PP), presidente da comissão de Educação da Câmara, novamente criticou a pasta estadual e disse que o prédio seria melhor aproveitado se houvesse a municipalização como em outras três escolas da Capital. 

“Lá não precisa disso, se fosse abrir escola municipal para cobrir o setor, o prédio seria melhor utilizado. Não podemos deixar a educação de lado”, disse o parlamentar. 

O programa de municipalização terá início em 2020, onde a prefeitura, por meio de documento, terá alguns prédios cedidos pelo governo do Estado para aulas para crianças da pré-escola I,II, III e ensino fundamental.

Risco de evasão nas escolas integrais

Valdir também critica as escolas integrais para o Ensino Médio, instaladas em Mato Grosso do Sul. Segundo ele, o projeto não funciona, pois, na prática, os alunos estudam meio período e outro ficam ociosos nas escolas. Ele mostrou um gráfico da escola Dona Consuelo Miller, no Jacy, em que no ano de 2017 haviam 764 alunos e, em 2018, o número passou para 315.

“Dependendo da localidade não funciona. Os alunos do ensino médio não querem ficar ociosos meio período. É onde acontece a evasão escolar, não tem aulas complementares, não tem laboratório, não tem nada”, explicou. 

(Gráfico apresentado- Foto: André de abreu)